Tradutor

Pegar Adobe Flash Player

domingo, 17 de março de 2013

5 dias de carnaval,muitos machos me comeram...

Olá,sou a Aline,uma loira putona,1,70 alt,59 k,com um belo par de coxas e uma bundona irresistível,com belo par de seios.eu sou assim,puta desde os 16 aninhos,dou pra vários machos,a maioria desconhecidos em verdadeiras orgias,pois sou louca por sexo,e fico mais louca ainda quando sinto um pau enchendo minha buceta de leite,pra depois eu desfilar pela rua com minhas roupinhas de vadia e calcinhas de puta,que mal tampam a buceta,escorrendo pelas coxas o delicioso melzinho de macho…isso me alucina.depois de dar feito uma vagabunda na Bahia pra vários negros,fiquei ainda mais tarada pra sentir um negro forte e pauzudo me encher de porra,imagine vários…nossa…
eu passei vários dias delirando e gozando feito louca,mas isso não apagou meu fogo e por isso decidi passar o carnaval em Salvador,onde tem muitos homens de pele escura.mal o expediente do trabalho acabou,corri pra casa,me arrumei e viajei pra Bahia,num voo de + ou – 3 horas.chegando lá,fui para o hotel e como era sexta feira ainda,decidi logo cair na bagunça e descolar várias picas pra me foder bem gostoso,pois minha buceta e meu cu estavam em chamas,estava louquinha pra levar pau,ou melhor vários paus negros de preferencia.tomei um banho,me produzi toda,vesti uma calcinha fio dentau branca enfiadissima no cu,um shortinho branco transparente que deixava a metade do meu bundão de fora,uma blusinha bem colada sem sutian,brincos grandes de argola,maquiagem pesada,batom bem vermelho e lá fui eu,pra avenida,com a buceta encharcada de tesão.ao descer do taxi,percebi que vários homens me devoravam com os olhos,o que fez eu gozar,melando o shortinho e a calcinha de putona que eu usava.entrei na avenida bem onde tinha aqueles homens fortes e mal encarados e comecei a dançar feito uma vadia,empinando bem o bundão e rebolando muito,o que não demorou e se formou uma roda com vários homens dançando perto de mim.a medida que eu dançava,surgia mais homens,até os mais ousados se esfregarem em mim e passarem a mão nos meus peitões e na minha bunda,que não era só as mãos que eles passavam.vários paus esfregaram no meu rabão,o que me deixou mais louca ainda e ai comecei a me esfregar neles e pegar no pau de todos que estavam pertinho de mim quando olhei dos lados,tinha uns 30 caras com os paus de fora,todos lindos,cheios de veia,pulsando de vontade de gozar nessa vagabunda que dava mole a todos.sem perder tempo,fui logo abaixando e abocanhando tudo que era pica que aparecia pela frente,chupando feito uma cadela.eu engolia diversos paus,alguns pelo tamanho entravam a metade na minha boca e uns 20 homens gozaram na minha boca,o que engoli a maioria da porra que saiu e deixei escorrer pelo canto da boca e espalhei pelos peitos.como eu estava no cio,tirei o shortinho,afastei a calcinha pro lado e o pau que estava mais proximo,peguei nele,coloquei na entrada da buceta e numa estocada só,senti minha buceta ser preenchida,enquanto me abaixei e abocanhei mais picas e logo o que me comia,encheu minha buceta de leite quentinho.ai,como eu estava louca pra ser arrombada,eu pegava as picas negras e grossas e colocava na entrada da buceta empurrava o corpo para trás e sentia as bombadas e o leite invadindo o meu utero.a essa altura uns 40 homens ja haviam gozado na boca e na buceta,mas eu queria mais…queria dar o cú tambem,por isso,fiquei de 4 num papelão que eles arrumaram e logo fui penetrada no cu,na buceta e na boca…foram várias dps no cu,na buceta,tinha hora que eu tentava engolir 4 picas de uma só vez pela boca e todos me preencheram com muita porra.sai dali fudida,arrombada…vesti meu shortinho e tentava fechar bem as pernas pra não vazar a porra que tinha dentro de mim,mas não adiantou,cheguei no hotel e estava melada,me sentindo uma puta de quinta categoria,suja,fedida,arregaçada,arrombada,mas eu delirava… fui pro quarto e dormi sem tomar banho,vazando esperma dos meus buracos arregaçados.no sábado,acordei 2 da tarde,almocei e passei a tarde toda no hotel,relembrando o quanto a noite anterior foi deliciosa…vazava muita porra de dentro de mim,passei a tarde toda com a calcinha melada e louca pra dar mais.a noite chegou e as horas para começar a festa não passavam e eu cada vez mais exitada,doida de vontade de receber mais porra dentro da minha buceta gulosa por pau,até que me arrumei,coloquei uma calcinha minuscula vermelha,uma sainha azul,sutian branco com detalhes em azul e blusinha branca e sai dar umas voltas na cidade.como não achei nada o que fazer,entrei num shopping center e logo um segurança negro quase me comeu com os olhos,o que me deixou maluca de tesão.ai dei umas voltas pelo shopping e voltei até uma das saidas e sentei no banco e comecei a descruzar as pernas,mostrando a minha calcinha de putona safada e ele respondeu minha investida alisando discretamente o pau por cima da calça.o shopping estava quase fechando,quando o segurança negro me chamou pra seguí-lo.eu,uma cadela do cio,acompanhei aquele negro delicioso até um corredor que dava pra área de serviço do shopping e ao ver aquela pica de uns 25 cm dura,não resisti e cai logo de boca naquela delícia,chupando até as bolas,até que percebi que ele estava quase gozando e parei de chupar e pedi para que ele metesse em mim.logo o segurança gostoso tirou uma camisinha do bolso e eu falei que queria sem,queria sentir ele gozar dentro de mim.ele relutou,até que eu mandei ele ficar esfregando o pau na entrada da minha buceta.e assim ficamos nos esfregando por um tempo,até que eu empurrei meu corpo para trás e aquela delicia de pau entrou tudinho sem camisinha,do jeito que eu gosto.o segurança,vendo que não tinha o que fazer,foi bombando com força,arrancando gemidos meus e deliciosos orgasmos um atras do outro até que senti o seu leite quentinho inundar minha buceta lá no fundo.quando abri os olhos,tinha 2 faxineiros negros com as rolas de fora. o que fazer?chupar os dois e dar a buceta e o cu para eles até gozarem em mim.vesti a calcinha,ajeitei a sainha e sai dali vazando porra,pois a calcinha de tão minuscula que era,não tampou o buraco da minha bucetona arrombada de vadia e eu delirava ao sentir que minha buceta estava cheia.fui em direção ao carnaval de rua e mal chegando lá,dei de cara com alguns dos machos que me comeram na noite anterior.cumprimentei alguns e logo lá estava eu,dançando igual uma vagabunda,mostrando a bunda e a calcinha de putona que sou.passou alguns minutos e chegou mais gente e logo só tinha homens ao meu redor,loucos para me devorar,pois com certeza sabiam que eu iria dar pra todo mundo.ai,claro uma loirinha gostosa,cheia de tesão,vestida como uma puta,todo homem quer comer,e eu doida para dar…pronto…começou um festival de picas,a maioria negras e eu sem perder tempo,fui abocanhando,chupando um a um.tinha alguns que eram tão fedidos mas isso me exitava mais e esfregava aquelas rolas imundas no meu rostinho lisinho,cheiroso,mas minha buceta pedia mais pica e logo arrumaram um papelão e fui sentando um a um e só dei pra quem estava sem camisinha,pois queria ser preenchida com mais porra que na noite anterior e fui sentando um a um,os que eu sentei gozaram muito dentro de mim.eu sentia que meu utero ia explodir com tanta porra que tinha.fora os que gozaram na minha boca e eu engoli tudinho.logo vi que tinha mais homens e até policiais fazendo tipo de uma fila pra me comerem.e eu só abri as pernas e delirei e gozei muito com várias picas na buceta,no cú e na boca.chegou uma hora que não cabia mais porra dentro de mim e logo o corpo amoleceu e levantei,ajeitei a calcinha,a sainha e sai dali correndo,senão eu tinha que dar mais e eu não aguentava,pois mais de 120 homens me comeram naquela noite.ao chegar no hotel,bem na entrada,desceu um rio de porra que lambuzou até o tapete da recepção e isso acendeu meu fogo outra vez.parece que a cada dia eu fico mais fogosa,mais puta ainda,pois eu acabava de dar pra um monte de homens,todos desconhecidos e queria mais pica.ao passar pelo corredor onde dava acesso aos elevadores,eu percebi que num salão do hotel,havia mesas de sinuca e tinha uns 20 homens jogando.com um fogo danado na buceta,subi para o quarto e tomei um banho,coloquei uma calcinha rosa minuscula,um vestido curtissimo e justo,que marcava meu bundão e minha calcinha de vagabunda e desci para o salão onde tinha sinuca,e lá estavam os 20 homens e só eu de mulher.ao entrar no salão,todos me comeram com os olhos e logo sentei numa mesa e pedi um vinho.ao começar a tomar,2 caras sentaram na minha mesa e começaram a conversar comigo vários assuntos e ao verem minha calcinha,pois abri as pernas só para mostrar o pedacinho de pano que não tampava nada minha buceta,me convidaram pra uma festinha no quarto deles.logico que eles perceberam que eu era fácil de ser comida.minha carinha de puta condena…eu topei e veio mais 5 homens junto e ao chegar no quarto,logo arrancaram meu vestido,a calcinha e um deles caiu de boca na minha buceta encharcada de melzinho e de porra que vazava muito pois eu acabava de dar na rua..e eu logo abocanhei um a um e todos me comeram e encheram ainda mais minha buceta de leite.exausta,fui dormir e só acordei domingo a tarde,mal aguentando as pernas e por isso nem sai do hotel,mas segunda,sai dei umas voltas,mas a noite lá estava eu,acesa,louca por pica,mesmo tendo um monte de porra dentro de mim,eu queria mais…chegando a noite,me vesti assim.calcinha preta que de tão minuscula,o fiozinho atras quase não se via,era só um triangulozinho de 1 cm na parde de cima e a frente ficava toda enterrada nos lábios vaginais,ou seja,não tampava nada,um sutian preto meia taça que era só um fiozinho dos lados e deixava os meus peitões quase de fora e uma camiseta que tampava a metade do meu bundão e deixava o resto de fora e assim fui pra avenida,vestida como uma putona.chegando lá,varias passadas de mão na minha bunda e na buceta e logo a calcinha estava ensopada e a buceta latejava por paus,até que me ofereceram um pouco de lança perfume e eu cheirei,ai pirei de vez…fui até o banheiro quimico,tirei a camiseta e fiquei só de calcinha e sutian,escrevi na minha bunda com o baton,ME COMAM E GOZEM DENTRO,passei mais baton na boca e sai daquele jeito,putona,praticamente nua,pois o sutian e a calcinha não escondiam nada.logo escutei assobios,elogios e xingamentos e mais mão passando em mim e eu andando daquele jeito,semi nua,puta,vagabunda de quinta,mas eu me sentia a poderosa,desejada e isso só aumentava ainda mais meu fogo e logo fui para um canto e louca com o lança perfume eu só gritei…me comam logo,tô louca pra sentir essas picas gostosas derramando leite dentro de mim,não quero ninguem com camisinha…e logo dedos,bocas e paus foram me possuindo e um a um,gozava onde queria…no cu,na boca,na buceta e brancos,negros e indios,todos me comeram,me encheram de porra e eu chupei todos eles…imagine só uma loirinha cheirosinha,limpinha e dando feito uma puta pra vários desconhecidos no meio da rua e engolindo porra de todos e deixando gozar dentro?pois é..eu sou assim…depravada,suja,baixa e muito puta e adoro ser assim…pior que uma cadela.nas minhas contas uns 80 homens gozaram dentro da buceta,uns 50 dentro do cú e engoli porra de uns 30 homens.quando dei conta,minha bolsinha tinha sumido e eu estava ali,praticamente nua,suja,escorrendo muita porra pelas coxas,mas o jeito era ir embora.ao pegar uma rua escura,dou de cara com mais 30 homens,todos negros e ao me verem daquele jeito,semi nua,logo gritaram…a putinha tá louca pra levar pica…tá peladinha…vamo comer essa vagabunda…eu,com medo que me arrancassem o sutian e a calcinha,fui logo pegando nas picas que já estavam de fora,afastei a calcinha e eu mesma enterrei uma pica na minha buceta que vazava um monte de porra,mas teria que aguentar mais…e assim chupei todos e dei a buceta e o cú até eles me encherem de porra.sai dali com dor nas pernas,fudida e arregaçada,escorrendo porra pelas coxas.entrei no hotel e falei que fui estuprada e logo o funcionário perguntou se queria que chamasse a policia…eu disse que não adiantaria,que dificilmente pegariam os estupradores…mal ele sabe que eu dei porque sou depravada,uma vagabunda.na terça de carnaval,só dei para alguns policiais que estavam de serviço na avenida e sai cedo e na quarta seguinte,embarquei no avião e voltei para minha cidade.depois de chegar em casa,ao entrar,tomei um susto…o anticoncepcional havia ficado na mesa da sala e eu pensei..será que vai acontecer de novo?pois aconteceu…fiquei gravida outra vez e de novo,abortei,pois tenho 2 filhos,que não moram comigo e não quero filhos tão cedo.tem mais histórias de Aline,a loirinha mais puta,safada e vadia desses contos,é só aguardar o proximo conto
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Queria ser seu marido e ser muito corno. Manso

    ResponderExcluir
  2. Tem um organismo no seu virus HIV.

    ResponderExcluir
  3. Moça não é possível que vc tranzou com tantos homens sem preservativo e vc não tenha pegado HIV e outras doenças venérias.

    ResponderExcluir
  4. Baita mentira vey, tú só tem vontade! Transou na avenida e ninguém te prendeu? Me poupe ok?

    ResponderExcluir
  5. Aline loirinha você é uma delícia vamos marcar pra fuder michaelmmm2@hotmail.com pu me liga adoro fuder srm camisinha(81)8649-4385

    ResponderExcluir
  6. Ta na cara q a aline putinha pegou o namorado de uma amiga e a mina quis se vingar inventando td isso

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.