Tradutor

meu tio comeu minha esposa

Meu nome é Vitão, tenho 32 anos, a Lia minha esposa tem 28, meu tio tem 65, e minha tia 59. Eu e meu tio sempre nos demos muito bem, quando criança eu não saia da casa dele, sempre brincando c/ os meus primos, e depois que eu casei, sempre mantivemos um bom convívio, nos finais de semana eu ia na casa dele, e quando eu não ia, ele vinha na minha. Depois que ele se aposentou, por não ter o que fazer, ele sempre vinha em minha casa, eu chegava sempre por volta de 8 da noite, e ele tava lá me esperando p/ uma boa conversa, ele é um cara de se tirar o chapéu, brincalhão boa pinta, e sempre que eu preciso dele, ele não exita, tá sempre pronto p/ me ajudar. Certo dia, eu tinha uma consulta médica, em torno de 2 da tarde, e o
meu chefe me dispensou a tarde p/ resolver meus problemas, mas a consulta foi rápida, então fui direto p/ casa, e lá chegando, eu estranhei o silêncio na casa, entrei e percebí um barulho nos fundos da casa, onde eu tenho um quartinho que eu fiz com tábuas, p/ guardar minhas ferramentas, e também ajeitei uma cama e uma teve p/ os dias de visita chata, lá chegando, ví a porta entre aberta, e na fresta da porta, eu ví minha mulher na cama, e meu tio metendo a rola nela, o meu tio, tinha um pinto que devia ter uns 25 cm, bem diferente dos meus 19, ele pegou aquele pintão enorme e pôs na boca dela, e ela abocanhou com toda verocidade possível, ela começou devagarinho a lamber a cabeço do pinto dele, e em seguida começou a enfiá-lo na boca, ela o engolia e tirava, o engolia e tirava, as vezes ela forçava tanto, que parecia que o enorme pinto duro dele, entrava pela garganta dela, e ele dizia a ela.
- Vai sua puta, chupa com gosto esse pinto que é todo seu.
E ela o engolia com mais vontade ainda, gosado que comigo ela não gostava de chupar porque ela dizia que sentia nojo, de repente meu tio arreganhou bem a buceta dela, que aquela altura já estava espumando de tanto tesão, ele ajeitou a cabeça do seu pau bem na entrada da sua buceta, e começou a enfiar, primeiro bem devagar, logo em seguida ele começou a socar com força, e ela começou a gemer no pinto dele.
- Vai tio, mete, mete gostoso na minha buceta com esse pintão duro, arregaça a minha buceta, deixa ela toda arregaçada por dentro que eu aguento.
- Toma sua puta do caralho, toma, toma meu pinto que ele é todo seu.
- Isso tio me arromba, me fode gostoso, que eu sou sua puta na cama.
Depois que meu tio gozou em sua buceta, minha esposa tirou o pinto dele que tava todo lambuzado, e começou a chupá-lo p/ não desperdiçar nenhuma gota de sua porra, meu tio ficando c/ o pinto duro de novo, pegou minha mulher como se pega uma vadia, e a virando de costas falou.
- Agora eu vou arregaçar se cú.
Eu fiquei atento p/ ver, pois ela não me dava o cú porque ela dizia que doía muito. Ela virou aquele cusão prá cima, modestiamente falando, ela tem uma bunda de fazer inveja, ele então pegou seu pinto e colocou a cabeça, que mais parecia uma cebola média descascada bem na entrada do cú dela, e sem dó, começou a socar, sem cuspe sem nada, e prá meu espanto, ele começou a entrar arreganhando aquele cú tão gostoso que ela quase não deixava eu comer, eles metiam tão gostoso, e ela se sentia tão feliz, que eu saí devagarinho sem fazer barulho p/ que não percebessem que eu estava alí, e voltei no horário normal, e depois sem que ela percebesse, com a furadeira eu fiz um furo na parede dos fundos do quartinho que era de madeira, só p/ ficar observando eles, e sempre que posso, eu saio mais cedo só prá ver eles metendo.
Não há nada mais gostoso que uma boa foda, nem que seje do seu tio com a sua mulher.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.